Publicado por: de maré | 17 julho 2008

Preconceito na Família

 Assim que voltei a morar com a minha mãe, depois de anos fora, uma tia veio nos visitar. Uma das primeiras coisas que minha tia disse foi:

– “Se vc quiser arrumar emprego aqui, vai ter que emagrecer, porque ninguém vai dar emprego pra vc gorda desse jeito! Tenho uma vizinha que está desempregada há um tempão porque é gorda. Aqui é assim.”

Fiz cara de quem nem ligou na hora, mas aquilo ficou martelando na minha cabeça. Aí, resolvi tentar a sorte – já que nunca vi alguém deixar de dar emprego a alguém competente porque é gorda – e fui atrás. Em dois dias estava empregada num dos melhores lugares que poderia na cidade. Mas, como não estava nos meus planos trabalhar daquela forma e sim por conta própria, fiquei uns dois meses e pedi demissão. Fui fazer o que realmente queria e quero.

Mas, dentro da minha família, sempre sofri algum tipo de preconceito. Quando eu era adolescente, vivia ouvindo da minha mãe (que é gorda): se vc não emagrecer, não vai arrumar namorado!

Estranho, a mesma mãe alguns anos depois pedia pelo amor de Deus para eu parar de ser tão namoradeira… alguma coisa estava errada. Ah, sim!!! Era o preconceito burro, que sempre cai à primeira prova, porque preconceito só faz mal a quem o tem, na verdade.

Já me casei três vezes (infelizmente nenhum dos três deu certo), mas nenhuma separação foi por eu ser gorda. Tenho um filho lindo, e, se tudo der certo, ainda pretendo ter o quarto marido.

Ser gorda (o) nunca impediu ninguém inteligente de ser feliz!


Responses

  1. Olá,

    Encontrei seu blog por acaso e já me interessei no primeiro post que li…mas é engraçado como eu, que sou gordo, já passei pelos problemas citados pela sua família…a dificuldade para encontrar emprego realmente existe…pelo menos foi o que eu senti as vezes em que procurei emprego, e problemas com namoradas eu tenho até hoje…Acho que as mulheres gordinhas tem mais facilidade em namorar do que homens gordinhos…talvez as mulheres definitivamente não achem os homens gordos atraentes…

  2. Olá! Vi seu blog numa comu do orkut e ameiiiiii!!!
    Não temos muitos blogs assim na net.
    Bom, em ralação ao post, eu passo por preconceito na minha familia desde meus 10 anos (qdo comecei a engordar). É imprecionante: antes me sentia só e triste, agora nem ligo p/ o que minhas tias fifis falam. Já passei, sim, por situações de procurar emprego e o cara falar que eu não me encaixo nos padrões da empresa e coisas do tipo… é XXXX…
    Qto ao comentário do D.Starbuck eu acho que homem tem menos dificuldades em arrumar namorada do que mulher. Eu amo homens gorinhos. Tenho vários amigos gordinhos que só querem saber das magrelas… É o seu caso? …

  3. Acho que o preconceito na familia é o pior.
    No final de semana aconteceu uma comigo que tive que rir mesmo. Fui pegar uma amiga pra gente sair. Aí a mãe dela me mediu de cima a baixo e disse: “Ahhh!!! É bom mesmo sair pra dançar, perder uma calo…” E ela não terminou a palavra pq a mn amiga disse: “Mãe, por favor!”

    E eu completei: “É, as calorias. É bom dançar, suar, né? Tô bem gorda mesmo. Mas pior seria se eu fosse burra!”

    Ficou um clima chato, mas rebati!

    Essa mãe da minha amiga deixou a filha doente: ela pagou lipo pra menina quando ela tinha 15 anos, não deixa a filha comer direito, não compra comida pra casa, aquelas compras semanais ou mensais que é pra filha dela não comer e não ser gorda. Depois não sabe porque a filha é tão problemática. Se cada um olhasse pro próprio umbigo e deixasse o dos outros, tudo seria mais simples.

    Beijos!!!
    Fer

    Ahh! to com o brechó online pra gordinhas.

    http://www.tovendendoaqui.blogspot.com

  4. É verdade mais é isso que temos que fazer não dá ouvidos. Lógico que nossa familia fala pensando que está nos fazendo bem, preocupados com a nossa saude, mas não é desse jeito que vão conseguir convencer de emagrecermos. A minha familia fala horrores até por que eu nunca fui gordinha, engordei muito rapidamente e ele acham absurdo eu continuar gorda…Mas eu não tô nem ai….rsrs
    Definitivamente não quero fazer glastroplastia…É algo que eu vou levar pra vida toda. Não me sinto preparada. Mas cuidar da minha saude vou sim, praticar esporte que eu adoro. Mas ainda assim, não ligo em ser gordinha pois nunca fiquei sem um pretendente…Engraçado que minha mãe e irmã também acha incrivel, por que eu sempre estou falando de algum pretendente novo…Mas é isso ai….Um cheiro!

  5. Fiquei muito feliz de encontrar o site. Eu sempre fui bem magrinha, dessas que veste 38. Quando comecei a fazer cursinho pré-vestibular toda a tensão de estudar,esolher um curso e passar no vestibular fez que eu descontasse minhas ansiedades na comida. Resultado: 10 kilos em 6 meses, 17 em um ano. O pior de tudo é minha família que vive me chamando de gorda e os comentários das pessoas. A única pessoa que me dá força é meu namorado que diz que sou linda de qualquer jeito. Ele também é gordinho e namoro com ele desde quando eu era magrinha,nunca tive preconceito. Hoje estamos na mesma situação e ele me entende e me encoraja a me cuidar. Talvez eu nunca mais volte a usar um 38, mas nem preciso mais, aprendi a ser feliz em qualquer situação, com qualquer peso!
    Beijos

  6. OLA TUDO BEM? AMEEI DE PAIXÃO SEU BLOG É MTO BACANA E TAMBÉM TENHO PESSOAS MUIITO PRECONCEITUOSAS NA FAMILIA PRINC NA FAMILIA DO MEU MARIDO.. MAS AGORA NEM LIGO MAIS O QUE IMPORTA E O QUE ELE PENSA NEH.. RSRSR BEIJOS E TD DE BOM!

  7. nossa ainda hoje fui chamada de gorda na cara dura, me senti mal, chorei e acabei o dia com dor de cabeça., por acaso achei esta pagina e fiquei feliz com a frase final . realmente a gente e o que o nosso espirto sente. o corpo ajuda mas nao e por isso que vou me matar.

  8. Sempre fui gordinha,fazia de tudo p/ emagrecer o preconceito faz isso com agente,vivia doente por causa das dietas malucas eu tinha 58k aos 16,depois aos20 cheguei a pesar 73k,depois dos 24 ai é q a coisa piorou,passei a tomar anti-concepcional então cheguei aos 122k,ficava todo mundo me enchendo,meu irmão só me chama de gorda nunca pelo meu nome,minha mãe é a pior,sei q só quer meu bem mais fazem isso da maneira errada,vivian me dizendo q eu nunca arrumaria um emprego,q ninguém daria emprego a uma gorda,q n arrumaria namorado,n posso comer nada que ficam falando é horrivel,dizian q eu nunca ia baixar de peso e tantas outras coisas,perdi 20k hoje tenho 102k me sinto bem agora aprendi q eu sou capaz,bonita,inteligênte,sex e tudo mais posso até perder mais peso,porém estando com 80k ou 122k serei a msm sempre,serei eu e isso já basta p/ mim e deveria bastar p/ os outros também e quanto ao fato de ser gorda eu me aceito como estou agora,n preciso da aprovação de ninguém eu sou quem eu sou e n é uns quilos a mais q vai mudar isso,sabe q hoje ainda escuto alguém dizer “agora sim vc vai arrumar um namorado”rsrsrs bobagem posso arrumar mil mas se eu n me aceitar nunca vou ser feliz,to aprendendo isso e me sinto mais feliz é claro q tenho q cuidar da minha saúde mas n vou mais me matar p/ agradar os outros isso me rendeu uma animia q n me deixa,q me chamem de gorda,mas nunca vão poder me chamar de incapaz,sou inteligênte,alegre e n vou deixar q preconceitos indiotas me impeçam de ser feliz

  9. Esse blog é fantastico!!!!!Como faço prá participar…também sou gordinha e sou muito felizzzzzzzzzzzz!!!!!
    Atenciosamente
    Lysa

  10. COM RELAÇÃO A FAMILIA, SEMPRE TINHA UMA PRIMA MAGRINHA ME SACANEANDO…E EU CHORAVA DE ÓDIO. COM RELAÇÃO AO TRABALHO NUNCA PERDI NENHUM PELO FATO DE PESAR MAIS DO QUE AS OUTRAS, PELO CONTRARIO, EXERÇO UMA FUNÇÃO CORAJOSA DA QUAL A MAIORIA DAS MINHAS AMIGAS E PRIMAS MAGRINHAS NUNCA CONSEGUIRAM E MORREM DE VONTADE DE TER…TANTA VONTADE QUANTO A DE TER O NUMERO ENORME DE NAMORADOS QUE EU JA TIVE, VOU CONTINUAR A SER A MAMA VEROKA….UHUHUHU….DAKI UNS DIAS A “MAMA VAI FICAR MAGRINHA”. AÍ ELAS SE MATAM DE RAIVA…KKKKKKKK

  11. olha fui fazer uma entrevista d emprgo em um mercado grande da minha cidade e tinha 7 meninas e 2 gordinhas contando comigo e eles contrataram as 5 e eu e aoutra gordinha nao fomos seleciondada isso e preconceito com as pessoas pq elas tem potencial como as outras

  12. eu tenho 12 anos, ja sou gorda desde bem pequena , sempre sofro de preconceito na escola em casa em todo lugar que eu passo tem alguem pra me criticar,eu sofro muito com o preconceito eu fico triste mais eu sei que m,inha familiua fala pro meu bem mais é chato eu fico com vergonha .outro dia eu quase entro em depreçao pq nao queria mais sair de casa eu queria ir pra escola ,em feverero quando fui para paris eu vi um livro lá chamado eu nao consigoi emagrecer ,na hora que ela me falou ,eu disse:
    -isso nao vai resolver meu problema ,main td bem vou tei para o brasil e comprei o livro,estou fazendo a dieta e estou emagrecendo,as vezes me desestimulo mais cotinuo tendo nao fura ,ainda sou adolescane e vou para muitos aniversarios e da uma vontad ede comer as coisas que engorda ,oque eu faço,como um pedacinho de bolo ,o mais importante eu achava que era empocivel parar de tomar refrigerante eu era viciada ,mais parei de tomar faz tres meses ,mais as vezes da uma vontade de tomar e eu digo eu nao vou tomar e tenho certeza que nao vou me arrepender quando puder colocar um vestido curto biquini nao ter que banhar de roupa na piscina em aniversarios

    no final do ano escrevo de novo mais para dizer que estarei bem magra e dizer que nada é impossivel,e que nunca devemos desistir dos nossos sonhos.

    beijos a todos e lembrem ,nos sempre conseguimos oque queremos se lutamos por elas

  13. Adorei esse post, com certeza deve ser muito bom ser decidida e conseguir o que quer, realmente adimiro muito isso, porque muitas das vezes quando alguém fala algo assim, agente tende a desistir e se dar por vencida.

  14. gordinhas emquanto tem gente ipocrita e com muitos precoceitos na cabeca a muitas que como eu amo de coracao as gordinhas entao levante a cabeca e pense alguem esta te olhando e este alguem sou eu pois amo as gordinha e a minha ultima namorada pesa 102 kls so nao deu certo pelo precoceitos dos pais dela mas nao desisto vou namora outra gordinha que pode ser vc bjs negrao 011 76923572 msg

  15. Bom gente meu nome e Cecília, hoje era para ser um dia muito alegre, pois e meu aniversário, pensei até que iria mudar de emprego hoje, mas por preconceito por ser gordinha, meu dia ficou triste, a pessoa que me adendeu nem sabia como me perguntar que numeração eu usava, pq a empresa queria pessoas que usassem a numeração até 42, ela me disse que era uma exigência da empresa, e que cada empresa tem um perfil, tanto que a mesma me disse que não precisa de experiência, tinha apenas que saber o básico de computar…….bom gente essa e muita história, já havia sofrido preconceitos outras vezes, de famíliares, em lojas emfim mas nunca desde tipo……..

  16. Gordura nao e uma questao de beleza, o problema com a gordura corporal , e o quao isso afeta a saude.

  17. eu fiz entrevista na riachuelo,eles não me contrataram,porque sou gorda,aliais,la so aceita gente magra.triste isso


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: